var myName = "SJBMA"; var red = [0, 100, 63]; var orange = [40, 100, 60]; var green = [75, 100, 40]; var blue = [196, 77, 55]; var purple = [280, 50, 60]; var letterColors = [red, orange, green, blue, purple]; drawName(myName, letterColors); if(10 < 3) { bubbleShape = 'square'; } else { bubbleShape = 'circle'; } bounceBubbles();

Rebelião em Pedrinhas Deixa ao Menos 14 Mortos; 3 Presos Foram Decapitados

Barbárie no presídio São Luís, Cinco monitores feitos de reféns ainda estavam em poder dos detentos na noite de ontem, Cabeças cortadas de três presos foram atiradas aos negociadores por uma janela.

Ao menos catorze detentos morreram, até o início da noite de ontem, durante uma rebelião que começou às 9h no anexo do Presídio São Luís, no complexo Penitenciário de Pedrinhas. Dos mortos, três foram decapitados pelos detentos rebelados. As cabeças foram atiradas para fora da unidade, por uma janela, por volta das 16h30. Cinco monitores feitos de reféns ainda estavam em poder dos detentos na noite de ontem. São eles: Hugo Vagner de Mesquita Melo, Manoel Costa de Jesus Filho, Carlos P. de Araujo, Daniel Pereira Rodrigues e José V. da Conceição. Os presos reivindicam agilidade nos processos; solução para o problema da falta d’água (segundo os presos, eles estão sem água há 25 dias); transferência dos presos de Imperatriz e da Baixada Maranhense, devido à rivalidade; que a visita dos familiares não seja mais realizada na quadra esportiva por causa do sol, e sim nas próprias celas; e exoneração do diretor do Presídio São Luís, Luís Henrique Sena de Freitas.

No início da noite de ontem, após uma negociação com a polícia, os detentos receberam alimentação e em troca liberaram nove corpos para o Instituto Médico Legal (IML).
De acordo com as primeiras informações, as vítimas foram identificadas como: Neguinho do Barreto; José de Ribamar dos Anjos Filho, o “Dragão”, Isac, Guri, Eromar, P. Júnior, Cleuton da Vila Embratel, Elisângelo de Humberto de Campos e Chiquinho. Os três últimos seriam os que foram decapitados na manhã de ontem.
Outra morte – Na manhã de ontem, outro detento foi assassinado a golpes de chuçadas na Penitenciária de Pedrinhas. A vítima, Eriedson de Jesus Santos, foi morta e jogada num esgoto da cadeia.
Túnel em Pedrinhas – Na tarde de ontem, a polícia descobriu um túnel dentro da Penitenciária de Pedrinhas, no setor de agricultura.

Segundo o secretário de administração penitenciária, João Bispo Serejo, o motim começou às 9h, durante um banho de sol, onde os presos tomaram a arma do agente penitenciário Raimundo de Jesus Coelho, o “Dico”, e desferiram dois tiros na região do abdômen do agente. Cinco monitores tentaram impedir a ação e foram feitos reféns juntamente com mais duas mulheres de presos que estavam em visita íntima.
O agente penitenciário foi liberado para ser socorrido, somente ao meio-dia. Ele foi levado por uma ambulância do Corpo de Bombeiros Militar para o Hospital São Domingos. Seu estado ontem à noite requeria cuidados, pois uma das balas estava alojada na coluna cervical.
A rebelião, segundo a polícia, foi liderada por três presos: “Diferente”, “Serequinha” e “Rony Boy”. Este último é apontado como o líder do grupo.

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 COMENTÁRIOS:

Clique aqui para COMENTÁRIOS
Anônimo
13 de janeiro de 2014 04:45 ×

OLA MEU NOME E JOSÉ CARLOS E MUITO DIEIÇIL O SERVIÇOS DESTES AGENTES PENITENÇIARIOS POIS ELES SIMPLISMENTE SERVE DE ESCUDOS HUMANOS

Selamat Anônimo dapat PERTAMAX...! Silahkan antri di pom terdekat heheheh...
Balas
avatar
admin

Leia as Regras:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Comentários que agredirem outras pessoas serão excluídos. Mostrar Conversão Esconder Conversão Mostrar Emoticon Esconder Emoticons

Obrigado pelo seu comentário